PROUD & HAPPY: UM DIA DE TRABALHO DEDICADO À COMUNIDADE PDF Imprimir E-mail

PROUD & HAPPY: UM DIA DE TRABALHO DEDICADO À COMUNIDADE


 

Organização

Dow Química do Brasil S.A.

Profissional Responsável

Georgete Garcia Pereira

Ano da Premiação

1999



Em 1998, a Dow Química criou um time para desenvolver uma forma de comemorar a nomeação pela Revista Exame como uma das “30 melhores empresas para se trabalhar no Brasil”. Como resultado, foi criado o Projeto Pround & Happy, que tinha como principal característica fazer essa celebração de forma diferente: dedicando um dia de trabalho dos funcionários em benefício de entidades assistenciais ou comunidades carentes vizinhas às unidades da empresa em todo Brasil.

Nesse dia não haveria expediente normal e os funcionários seriam convidados a realizar os trabalhos, em mutirão, nas entidades previamente escolhidas por eles próprios.

Como conseqüência dos resultados obtidos no ano anterior, decidiu-se pela realização anual do projeto, como forma de demonstrar o sentimento de solidariedade e responsabilidade social incorporados pela companhia e seus funcionários.

Em 1999, o projeto foi realizado entre os meses de abril a maio.

OBJETIVOS DO PROJETO

Dedicar um dia de trabalho em benefício de entidades e comunidades carentes.

Proporcionar aos funcionários a oportunidade de desenvolver uma ação comunitária.

Envolver o maior número de funcionários em todo o Brasil, a fim de promover um esforço comum que efetivamente fizesse diferença para as comunidades e entidades eleitas.

Atender às necessidades e expectativas reais das entidades e comunidades, por intermédio do trabalho em mutirão dos funcionários.

ESTRATÉGIAS

Criação de comitês em cada unidade da Dow no Brasil, para a escolha das entidades e comunidades a serem beneficiadas pelo projeto.

Análise do levantamento realizado pelos comitês das entidades e comunidades mais carentes, próximas às unidades da Dow no Brasil (Aratu, Guarujá, Jundiaí, Matarandiba, Franco da Rocha e São Paulo).

Eleição das entidades e comunidades a serem beneficiadas pelo projeto.

Levantamento das principais necessidades e dos tipos de atividades, em mutirão, que poderiam tender às carências das entidades e comunidades selecionadas.

Divisão de grupos de funcionários por atividades – foram abertas inscrições para que cada funcionário pudesse optar pelas atividades que gostaria de realizar ou que tivesse maior aptidão.

Definição e compra de todo material necessário para a realização das atividades (pintura de paredes, limpeza e reforma, entre outras).

Mobilização de todos os funcionários na organização de transporte, alimentação e suporte no dia da realização do projeto.

Elaboração de Campanha Nacional de Comunicação para divulgação do projeto e motivação dos funcionários para aderirem ao programa.

RESUMO DAS ATIVIDADES REALIZADAS

Reforma e limpeza geral da Chácara Horizonte Azul, em São Paulo, e doação de materiais diversos que beneficiaram 350 crianças e adolescentes.

Recuperação da quadra esportiva, pintura e jardinagem do Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro do Guarujá – CAMPG, que abriga 400 adolescentes.

Reforma e pintura na creche Criança Esperança no Guarujá, que atende cerca de 30 crianças em regime de externato.

Doação de leite em pó e brinquedos para a Associação de Amigos do Lar do Menor Assistido – ALMA, também no Guarujá.

Reparos e pintura na Escola Estadual de Primeiro Grau Prof. Arnaldo Guassieri, em Franco da Rocha, com 528 alunos.

Pintura e reparos na Creche Mão MeiMei, em Jundiaí que atende 140 crianças.

Pintura e reparos do Salão Paroquial da Igreja CECAP 1, em Jundiaí.

Palestras e distribuição de cartilhas contra a pesca predatória, finalização e inauguração da Casa do Pescador, em Caboto (BA).

Melhorias e reforma de praças e jardins, aplicação de flúor em crianças.

Finalização da construção do Centro Comunitário Profissionalizante – CCP, em Matarandiba (BA).

ESTRATÉGIAS DE AVALIAÇÃO

Medição do feedback dos funcionários por meio de e-mails, logo após a realização do evento.

Feedback das entidades, beneficiadas, por meio de cartas de reconhecimento pela iniciativa.

Cobertura realizada pela imprensa (nacional e local).

RESULTADOS OBTIDOS

Satisfação dos funcionários sobre a participação nesse tipo de ação comunitária.

Envolvimento total e direto de 500 funcionários.

Satisfação por parte das entidades beneficiadas pelo programa.

Cobertura positiva da imprensa.

Grande aprendizado para a Companhia, que, por intermédio desse evento, pôde exercitar o trabalho em equipe com um objetivo: solidariedade.

Foi um esforço comum gerando resultados, independentemente da posição que cada um ocupa dentro da organização.

Transcrição adaptada dos registros existentes no CONRERP 2ª Região – São Paulo/Paraná

 


Desenvolvido pela Arena