Encontro de Negócios Petrobrás PDF Imprimir E-mail

Encontro de Negócios Petrobrás


 

Organização

Petrobrás

Profissional Responsável

Aislan Ribeiro Greca

Assessoria Externa

Petrobrás

Ano da Premiação

2007



1 Contexto da organização

1.1 Cenário

A comunicação em uma empresa que possui no cerne do seu planejamento estratégico para 2020 a visão de ser uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo e a preferida de seus públicos de interesse, bem como ter um destaque relevante nas suas políticas de responsabilidade social, não é uma tarefa fácil.

Associar o desenvolvimento de uma empresa a políticas que integrem todos os públicos de uma organização é o desafio da Petrobras neste início de século.

Hoje a Petrobras vive um processo de expansão, tanto nas áreas de exploração e produção de petróleo, busca por combustíveis alternativos bem como na modernização de suas plantas de refino para melhorar a qualidade dos produtos, com foco ambiental.

Com base neste plano de expansão, desenvolvimento, respeito pelos públicos e responsabilidade social é que o projeto Encontro de Negócios Petrobras é alicerçado.

1.1.1 Descrição do case

O Encontro de Negócios Petrobras foi um projeto desenvolvido na Refinaria Henrique Lage (REVAP), na cidade de São José dos Campos no estado de São Paulo nos dias 01 e 08 de Agosto de 2007. Esta unidade de negócio passa hoje por um processo de modernização com um investimento de US$ 2 Bilhões num prazo de 4 anos. Todo este volume será aplicado na adequação e otimização do parque de refino a padrões internacionais de qualidade e gestão ambiental.

Sabe-se que um investimento desta magnitude trás um impulso a uma economia local e na região da cidade de São José dos Campos não foi diferente. Desde o início das obras o que foi muito debatido pela comunidade, deste o processo de licenciamento ambiental, foi a geração de emprego, demanda que graças a projetos de qualificação de mão-de-obra reflete hoje em um contingente de 90% de pessoas empregadas residentes na região do Vale do Paraíba.

Outro ponto de impacto de um investimento deste porte é a movimentação da cadeia produtiva da região, com aumentos significativos na comercialização de produtos e serviços, exatamente a questão que o Encontro de Negócios Petrobras buscou atingir.

1.1.2 O Problema

Uma das grandes demandas da comunidade de São José dos Campos era a dificuldade das empresas locais, principalmente de micro, pequeno e médio porte, chegarem até as grandes empreiteiras que administram as obras da Petrobras para oferecerem seus produtos e serviços.

Esta demanda chegou até a gerência de comunicação da refinaria via Secretaria de Desenvolvimento Econômico da cidade de São José dos Campos que detectou este problema e pediu o apoio da Petrobras para auxiliar na integração fornecedores e empresários locais para o fechamento de futuros negócios.

2 Planejamento de Relações Públicas

2.1 Objetivo

Promover de maneira clara, eficiente e justa o contato das empresas da região metropolitana de São José dos Campos as grandes empreiteiras que administram as obras da Petrobras em São José dos Campos.

2.2 Estratégias de Relações Públicas

O primeiro passo para o desenvolvimento do projeto foi ver o real interesse dos fornecedores da Petrobras em receber as empresas da região.

Intermediado pela área de engenharia da companhia, a solicitação foi bem aceita pelas empreiteiras, que se interessaram em atender as empresas locais.

Após a confirmação de interesse, a gerência de comunicação da refinaria buscou fechar uma lista de possíveis empresas que poderiam ser convidadas para o encontro de negócios. O grande desafio em se fazer esta lista foi desenvolver uma metodologia eficiente em que não aparentasse dúvidas sobre a lisura do processo.

Para facilitar esta indicação a Petrobras promoveu um encontro entre as entidades de classe da cidade e a Gerência Geral da Engenharia que administra a obra na Revap com o objetivo de explanar de uma maneira geral qual tipo de produtos e serviços as empreiteiras precisavam adquirir na cidade.

Com base dessas informações as entidades encaminharam as listas fechando o grupo em 150 empresas.

2.3 A dinâmica do Encontro

Todo o evento teve como foco a transparência e a possibilidade de todos competirem de maneira igualitária os contatos com as empresas, por isto o Encontro foi dividido em 3 fases:

1ª fase – Palestra Informativa

2ª fase – Cadastramento no Hotsite

3ª fase – O Encontro

3 Metodologia de avaliação

Para avaliar o evento de maneira efetiva, a gerência de comunicação da refinaria desenvolveu duas pesquisas a serem aplicadas no dia do encontro propriamente dito. Um questionário buscava avaliar qual a percepção dos visitantes sobre as reais possibilidades de fechamento de negócio em virtude do encontro e o outro para avaliar a percepção das empreiteiras sobre a capacidade das empresas da região em fornecer produtos e serviços para as obras e a sua projeção para negócios futuros.

4 Resultados

De acordo com os dados analisados, os resultados, tanto do ponto de vista da integração empreiteiras e empresas locais, como na divulgação dos conceitos da responsabilidade social da Petrobras no relacionamento com a sociedade em promover uma possibilidade maior de desenvolvimento da economia foram atingidos.

5 Conclusão

O relacionamento da empresa com seus públicos de interesse é primordial para a manutenção do seu negócio. Este evento comprova que o investimento de uma companhia deve focar além da rentabilidade a longo prazo a gestão pró-ativa com seus fornecedores e um relacionamento aberto e franco com a comunidade.

Novos empreendimentos alavancam novos negócios e fomenta o empreendedorismo. As grandes empresas ao propor em seu planejamento estratégico o surgimento de novas plantas e ampliações, deve analisar também o impacto na economia regional e auxiliar de maneira direta o crescimento das empresas do entorno impactada pela cadeia de investimento.

 


 


Desenvolvido pela Arena